Preços das telecomunicações aumentaram 0,3% em maio face ao mês anterior


Em maio de 2024, os preços das telecomunicações, medidos através do respetivo grupo do Índice de Preços do Consumidor (IPC), aumentaram 0,3% face ao mês anterior em consequência de alterações de ofertas em pacote.

Em comparação com o mês homólogo do ano anterior, os preços das telecomunicações aumentaram 6,7%. Tratou-se de uma variação dos preços superior em 3,6 p.p. (pontos percentuais) à verificada pelo IPC (3,1%). Recorde-se que a ANACOM recomendou aos prestadores contenção nos aumentos de preços para 2024https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1764353.

A taxa de variação média dos últimos doze meses dos preços das telecomunicações foi de 5,4%, 2,9 p.p. acima da registada pelo IPC (2,6%). Tratou-se da taxa mais elevada desde agosto de 1994.

Por tipo de serviços, a taxa de variação média dos últimos doze meses em Portugal foi 6,0% nos serviços em pacote e 5,2% nos serviços telefónicos móveis, segundo dados do Eurostat. 

Em termos internacionais, a taxa de variação média dos últimos doze meses dos preços das telecomunicações em Portugal foi superior à verificada na União Europeia (UE) em 4,5 p.p., onde a taxa foi de 1%. Portugal registou a 3.ª variação de preços mais elevada (25.ª mais baixa) entre os países da UE27. O país com o maior aumento de preços foi a Hungria (+12,4%) enquanto a maior diminuição ocorreu em Malta (-8,5%).

Por subgrupo, as taxas de variação média dos últimos doze meses dos preços dos serviços em pacote e dos serviços telefónicos móveis em Portugal foram 3,6 p.p. e 6 p.p. superiores à média da UE, respetivamente.

Numa perspetiva de longo prazo e em termos acumulados, os preços das telecomunicações aumentaram 22,8% desde o final de 2009 enquanto o IPC aumentou 31,3%. No entanto, nesse mesmo período os preços das telecomunicações na UE diminuíram 8%.

Por operador, as mensalidades mais baixas foram oferecidas pela NOWO em sete casos, num leque de 11 serviços/ofertas, enquanto a MEO e a Vodafone apresentaram as mensalidades mínimas para dois tipos de serviço/ofertas, cada uma.

A título de exemplo, a NOWO apresentou mensalidade mínima mais baixa para o serviço telefónico móvel individualizado (6,25 euros) e para as ofertas em pacote triple play (26,25 euros) e quadruple play (32,50 euros), enquanto a Vodafone apresentou a mensalidade mínima mais baixa da oferta quintuple play (64,10 euros).

Em termos absolutos, e de acordo com o EUROSTAT, em 2023, o nível de preços das comunicações em Portugal encontrava-se 10,9% acima da média da UE (11.ª posição entre os países da UE com os preços das comunicações mais elevados).

As comunicações (+10,9%), os acessórios para o lar (+2,7%) e os produtos alimentares (+1,8%) foram os únicos grupos de produtos em Portugal cujo nível de preços se encontrava acima da média da UE.

Infografia da evolução dos preços das telecomunicações em maio de 2024.


Consulte o relatório estatístico: